Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobe para 11 o número de sobreviventes após avalanche na Itália

Durante o resgate, os bombeiros relataram que alguns sobreviventes gritavam "anjos, anjos". Ao todo, nove pessoas foram retiradas com vida dos escombros

Mais sobreviventes foram retirados dos escombros do hotel Rigopiano, em Farindola, na província de Pescara, na Itália. Entre os sobreviventes encontrados ao longo da noite de sexta-feira e deste sábado, estavam quatro crianças. Segundo as autoridades, até o momento são onze sobreviventes – incluindo nove pessoas resgatadas dos destroços -, cinco mortos e outras 23 pessoas permanecem desaparecidas.

Na manhã deste sábado, o corpo de um homem foi resgatado nas ruínas do hotel de quatro andares, logo após duas mulheres terem sido encontradas durante a noite de sexta-feira. Outras duas vítimas já haviam sido retiradas dos escombros. O hotel Rigopiano está localizado em um vale remoto na região de Abruzzo e foi destruído na quarta-feira por uma avalanche que sucedeu um terremoto no centro da Itália. ”

Barulhos

Segundo as autoridades, frequentemente se ouve barulho vindo dos escombros, mas isso não significa que sejam vozes. “Poderiam ser pessoas, mas também pode ser apenas a estrutura do hotel se movendo debaixo do peso da neve”, disse Alberto Maiolo, diretor do corpo de Bombeiros, ao jornal italiano Corriere della Sera.

As buscas continuam com cautela devido ao mau tempo de risco de novas avalanches. O resgate também está procurando sinais de celulares de pessoas, já que um dos sobreviventes e três das vítimas foram encontradas através do rastreamento dos sinais de celulares durante a noite.

“Anjos, anjos”

Em busca de possíveis sobreviventes desde quinta-feira, a equipe de resgate finalmente ouviu um som esperançoso na neve na sexta-feira após perfurar um buraco no teto do hotel destruído. Em seguida vieram gritos de “Anjos, anjos!” dos sobreviventes para os socorristas que entraram no local, segundo informações da rede americana CNN.