Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Sobe a 13 número de mortos por forças de Saleh no Iêmen

Manifestantes foram atacados durante marcha que pedia julgamento do ditador

Por Da Redação 25 dez 2011, 09h03

Subiu a 13 o número de manifestantes mortos após os ataques perpetrados pelas forças do ditador Ali Abdallah Saleh neste sábado. A nova contagem foi divulgada neste domingo por fontes médicas. No dia anterior, os números indicavam nove mortos.

“No total, 13 manifestantes morreram e 50 ficaram feridos a tiros”, disse à agência France-Presse um médico do hospital de campanha instalado ao lado da Praça da Mudança, epicentro dos protestos em Sanaa, onde morreram a maioria das vítimas. As forças de segurança e homens armados abriram fogo e usaram bombas de gás lacrimogêneo e jatos d’água para impedir o avanço de uma marcha de milhares de manifestantes que pediam o julhamento de Saleh.

Outras 150 pessoas estão com problemas respiratórios por causa das bombas de gás lacrimogêneo, acrescentou a fonte.

Publicidade