Clique e assine a partir de 9,90/mês

Síria: presidente do Parlamento europeu condena matança em Hama

Por Patrick Hertzog - 31 jul 2011, 15h49

O presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, condenou a “matança” cometida pelo regime sírio em Hama e chamou Damasco a começar uma transição do poder.

“Condeno a intervenção militar em Hama e em outras cidades (…). A matança deve cessar agora e o regime deve começar a transferir o poder”, afirmou Buzek em comunicado.

“A utilização de armas pesadas e a matança de civis inocentes não pode se justificar. O regime sírio e a hierarquia militar tem que compreender isso”, completou.

O presidente do Parlamento Europeu é o primeiro responsável das instituições da UE a reagir.

Ao menos 100 pessoas morreram neste domingo e dezenas de outras ficaram feridas, segundo militantes dos direitos humanos, em uma importante ofensiva do exército em Hama, cidade rebelde do centro da Síria que o regime do presidente Bashar al Assad tenta derrotar há várias semanas.

Continua após a publicidade
Publicidade