Clique e assine a partir de 9,90/mês

Síria pode cair em guerra civil se ONU adotar resolução (Moscou)

Por - - 31 jan 2012, 10h36

A Rússia considerou que a adoção pela ONU da resolução sobre a Síria proposta pelos europeus e pelos países árabes poderá causar uma guerra civil no país.

“O projeto ocidental de resolução do Conselho de Segurança não está na direção de um compromisso. Impor esse projeto abriria caminho para uma guerra civil”, declarou nesta terça-feira o vice-ministro russo das Relações Exteriores, Guennadi Gatilov, em sua conta Twitter.

O Conselho de Segurança da ONU deve se reunir a partir das 15h00 locais (18h00 de Brasília) para examinar um projeto de resolução que retoma as linhas principais de um plano para pôr fim à crise anunciado há uma semana pela Liga Árabe.

Esse texto, apoiado principalmente pela França, pelo Reino Unido, pelos Estados Unidos e por vários países árabes, prevê o fim da violência e a transferência dos poderes do presidente Bashar al-Assad para seu vice-presidente antes do início de negociações com a oposição e da formação de um governo de união.

Continua após a publicidade

Mas a Rússia, aliada tradicional de Damasco, reafirmou a sua oposição, considerando esse texto “inaceitável” e defendendo negociações informais entre o regime e a oposição.

“A Rússia e a China votaram contra o projeto de resolução proposto em outubro por nossos colegas ocidentais, que estabelece um plano de negociação inaceitável. O atual projeto ocidental não está longe da versão de outubro e, certamente, não podemos apoiá-lo”, já havia declarado Gatilov na segunda.

Publicidade