Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Síria nomeia novo ministro da Defesa

Após morte de Daoud Rajiha em atentado, governo designa o general Fahd Jassim al Farich para o cargo. Forças Armadas prometem punir responsáveis

Após a morte do general Dawoud Rajiha em um atentado nesta quarta-feira contra a sede da Segurança Nacional em Damasco, o governo da Síria designou o general Fahd Jassim al Farich como novo ministro da Defesa. Rajid participava, junto com outros ministros e chefes de polícia, de uma reunião no prédio da Secretaria de Segurança da Síria, em Damasco. O ataque suicida também matou, segundo a rede BBC, o vice-ministro da Defesa e cunhado de Bashar Assad, Assef Shawkat. Outras autoridades teriam ficado gravemente feridas.

Punição – Em um comunicado lido na TV estatal síria, as Forças Armadas prometeram punir os responsáveis pelo atentado. “As Forças Armadas estão determinadas a exterminar as gangues assassinas e criminosas e persegui-las onde quer que elas estejam.”

O grupo rebelde islamita Liwa al Islam, cujo nome significa “A Brigada do Islã”, reivindicou a responsabilidade pela explosão em um comunicado na sua página do Facebook, segundo a emissora Al Jazira. No texto, em árabe, o grupo diz que alvejou a chamada “sala de controle” da crise na capital síria. Um porta-voz confirmou a ação do grupo por telefone.

(Com agência EFE)