Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Síria decreta anistia geral pelos crimes cometidos durante os protestos

Por Wael Hamedan 15 jan 2012, 09h34

O presidente sírio Bashar al Assad decretou uma anistia geral para os crimes cometidos durante os distúrbios ocorridos no país desde o início da revolta de 15 de março, anunciou neste domingo a agência oficial Sana.

“O presidente Assad promulgou um decreto estipulando uma anistia geral para os crimes cometidos durante os acontecimentos entre 15 de março de 2011 e 15 de janeiro de 2012”, indicou a Sana sem maiores detalhes.

Desde meados de março, a Síria é cenário de uma revolta popular sem precedentes contra o regime Assad, cuja ordem de repressão deixou mais de 5.000 mortos, segundo a ONU.

Publicidade