Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Silvio Berlusconi renuncia oficialmente ao cargo de primeiro-ministro

Por Filippo Monteforte 12 nov 2011, 18h06

O chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, renunciou na noite deste sábado a seu cargo, anunciou oficialmente em Roma o gabinete de imprensa da presidência da República.

Berlusconi, de 75 anos, foi recebido entre vaias no Palácio do Quirinal, onde tornou oficial sua demissão ante o presidente da República, Giorgio Napolitano.

Protagonista dos últimos 17 anos da vida política da Itália, Berlusconi havia prometido renunciar a seu cargo após a adoção definitiva neste mesmo sábado das medidas anticrise tomadas sob a pressão dos mercados e encerrando assim uma era marcada por escândalos.

Berlusconi chegou em meio a um comboio de carros oficiais ao palácio presidencial, e foi recebido por uma multidão que gritava “palhaço” e erguia cartazes que diziam “Bye, bye, Berlusconi”.

Pouco antes, o maganata havia dito a um grupo de jornalistas que ficou sentido pelas vaias que recebeu após a votação do Parlamento neste sábado, que abriu as portas para sua renúncia.

“Foi algo que me doeu profundamente”, disse ele, cercado por dirigentes de seu partido, o Povo da Liberdade, pouco antes de se dirigir ao Palácio do Qurinal, sede da presidência da República, onde deverá apresentar sua renúncia.

Continua após a publicidade
Publicidade