Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sérvia diz que não reconhecerá o Kosovo como condição para se unir à UE

Belgrado, 2 mar (EFE).- O presidente sérvio, Boris Tadic, pediu nesta sexta-feira que a Sérvia mantenha sua postura de não reconhecer a independência do Kosovo e que esse assunto não condicione sua aproximação à União Europeia, que na quinta-feira lhe concedeu o estatuto de país candidato à adesão.

‘A posição da Sérvia está clara. A Sérvia não reconhecerá a independência do Kosovo sob nenhuma condição. Nem ontem, nem hoje nem amanhã’, declarou o presidente sérvio em entrevista coletiva.

‘Esta postura não mudará’, disse Tadic, insistindo que ninguém poderá pedir da Sérvia o reconhecimento de sua ex-província como uma condição durante o processo de adesão.

Ele lembrou que na União Europeia há países que não reconhecem a independência do Kosovo – Espanha, Grécia, Eslováquia, Romênia e Chipre -, e opinou que esses parceiros manterão suas posturas.

Tadic reconheceu que o estabelecimento de uma data de início das negociações para a adesão está condicionado ao diálogo com Pristina para resolver os problemas concretos de sua relação com o Kosovo. EFE

sn/dsm