Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Seita islamita reivindica atentado que matou 27 em igreja nigeriana

Por Da Redação 25 dez 2011, 10h14

A seita islamita Boko Haram, da Nigéria, reivindicou neste domingo a autoria do atentado contra uma igreja de Madalla, perto da capital, Abuja, que matou 27 pessoas.

“Somos responsáveis por todos os ataques dos últimos dias, inclusive a bomba na igreja de Madalla”, disse à AFP, em declarações por telefone, um porta-voz da Boko Haram, Abul Qaqa.

Publicidade