Clique e assine a partir de 9,90/mês

Seguidores de Anna Hazare são detidos após protesto

Ativista completa nesta quarta seu sexto dia de greve de fome em Nova Délhi

Por Da Redação - 24 ago 2011, 15h40

Uma centena de seguidores do ativista Anna Hazare foi detida nesta quarta-feira em Nova Délhi após um protesto perto da residência do primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. Os manifestantes chegaram ao local em pequenos grupos para conseguir driblar as forças de segurança e gritaram frases de crítica ao governo e a favor do ativista.

Nesta quarta-feira, Hazare completa seu sexto dia de greve de fome, cujo objetivo é a criação, por parte do governo, de uma lei contra a corrupção. Na última quinta-feira, o ativista foi autorizado a realizar o seu jejum depois que milhares de indianos saíram às ruas pedindo a libertação de Hazare, que havia sido detido por desrespeitar as exigências do governo para realizar a greve de fome.

Em uma carta dirigida ao ativista, o primeiro-ministro indiano pediu na terça-feira que ele abandone o jejum e disse que está aberto a estudar sua proposta de legislação contra a corrupção. Nas últimas horas foram registrados vários contatos entre emissários governamentais e mediadores do ativista para negociar uma saída para a crise.

O projeto de lei – As demandas de Hazare estão centradas em um projeto de lei, chamado Lokpal Bill, que deseja criar um posto de mediador da República para fiscalizar os políticos e os funcionários públicos. Ele deseja que o mediador tenha poderes para investigar também o chefe de governo e os altos magistrados no caso de suspeita de corrupção.

Continua após a publicidade

(Com agência EFE)

Publicidade