Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Russos pagaram US$ 500 mil a advogado de Trump, diz defesa de atriz pornô

Os 130 mil dólares utilizados para comprar o silêncio da atriz teriam saído do montante dado por oligarcas russos ao advogado do presidente em 2016

A defesa da atriz pornô Stormy Daniels afirmou na terça-feira que Michael Cohen, advogado pessoal do presidente americano, Donald Trump, recebeu 500.000 dólares (aproximadamente 1,7 milhão de reais) procedentes de oligarcas russos próximos ao Kremlin pouco depois das eleições de 2016.

O advogado que representa Daniels, Michael Avenatti, disse que os oligarcas russos Viktor Vekselberg e Andrew Intrater transferiram o meio milhão de dólares a Cohen em oito pagamentos entre janeiro e agosto de 2017, por meio de uma empresa chamada Columbus Nova LLC.

A Columbus Nova LLC é uma firma de investimentos americana do Renova Group, o conglomerado russo cujo proprietário é Vekselberg, um oligarca com vínculos com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Tanto Vekselberg como o Renova Group se viram afetados pelas sanções impostas pelos Estados Unidos contra a Rússia por sua suposta ingerência nas eleições presidenciais de 2016.

Segundo Avenatti, os 500.000 dólares pagos por Vekselberg foram transferidos a uma conta da Essential Consultants, uma sociedade fantasma com a qual Cohen teria repassado os 130.000 dólares a Stormy Daniels por um pacto de silêncio.

Veja também

Daniels e Trump estão imersos em uma batalha legal por esse pagamento que, supostamente, tinha como objetivo comprar o silêncio da atriz para que não revelasse um caso que teria mantido em 2006 com o agora presidente, pouco depois de este ter se casado com a atual primeira-dama, Melania Trump. A atriz pornô recorreu aos tribunais para desfazer o pacto, em um litígio que ainda não foi resolvido.

A emissora de televisão americana CNN disse ter tido acesso aos documentos que mostram os pagamentos denunciados por Avenatti, cuja autenticidade não conseguiu verificar.

Já o jornal The New York Times publicou na semana passada que subordinados do promotor especial para a trama russa, Robert Mueller, tinham interrogado Vekselberg no começo do ano e a CNN acrescentou nesta quarta-feira que o interrogatório esteve relacionado com os pagamentos a Cohen.

Além dos pagamentos dos oligarcas russos, Avenatti garantiu que Cohen recebeu na conta da Essential Consultants as quantias de 400.000 dólares da gigante farmacêutica suíça Novartis, 200.000 dólares da empresa de telecomunicações AT&T e 150.000 dólares da companhia estatal aeroespacial sul-coreana Korea Aerospace Industries.

(Com EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Os americanos precisam investigar se Dirceu e Palocci deram algum tipo de consultoria a Trump e seu staff.

    Curtir