Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rupert Murdoch abandona direção de jornais britânicos

Decisão aumenta boatos de que magnata planeja vender seus jornais no país

Rupert Murdoch, dono do conglomerado News Corp, deixou o cargo de diretor do braço britânico do grupo, responsável por jornais como The Sun, The Times e The Sunday Times. O empresário também vai se retirar do conselho de administração de várias filiais americanas de seu império de comunicação. Segundo o Telegraph, concorrente das publicações de Murdoch, funcionários dos jornais do magnata receberam neste sábado um comunicado interno anunciando a decisão.

Divisão – Um porta-voz do grupo minimizou a renúncia, afirmando que se trata apenas de uma “limpeza corporativa antes da divisão do grupo”. Em junho, a News Corp anunciou o plano de separar a área de publicações do conglomerado do lucrativo setor de entretenimento, que conta com canais de televisão e estúdios de cinema. Segundo a CNN, embora Murdoch deva continuar influente nas duas companhias que seriam formadas após a divisão, ele presidiria apenas o conglomerado de entretenimento, afastando-se ainda mais do setor de jornais.

O afastamento de Murdoch dá força para os rumores de que o empresário pretende vender os seus jornais britânicos, afetados pelo escândalo das escutas telefônicas ilegais do tablóide News of the World, que prejudicou a reputação e o valor da empresa e obrigou o magnata das comunicações a prestar explicações em uma comissão de inquérito na Grã-Bretanha.

(Com agência France-Presse)