Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romney ganha vantagem nas intenções de voto na Flórida

Miami, 27 jan (EFE).- Mitt Romney, um dos quatro pré-candidatos à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, ganhou vantagem nas intenções de voto na Flórida em relação a seu principal rival, Newt Gingrich, a apenas quatro dias das primárias neste estado.

Essa situação se reflete nos dados divulgados nesta sexta-feira pela Universidade Quinnipiac, relativos a uma pesquisa realizada entre os dias 24 e 26 de janeiro entre eleitores republicanos da Flórida, com uma margem de erro de 4,1%.

O estudo indica que, a apenas quatro dias das primeiras primárias presidenciais em um grande estado, o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney se mostra com 38% das intenções de votos, contra 29% do ex-presidente da Câmara de Representantes Newt Gingrich. A essas alturas, somente 6% dos eleitores potenciais nas eleições de terça-feira ainda não decidiram em quem votar.

Esses dados salientam uma clara melhora das chances de Romney, que no início da semana estava empatado com Gingrich.

‘O impulso de Gingrich com sua vitória na Carolina do Sul parece ter se estagnado e Romney parece estar ganhando distância na Flórida’, ressaltou nesta sexta-feira Peter Brown, subdiretor do Instituto de Votação da Universidade Quinnipiac.

Nesta sexta-feira, os dois pré-candidatos voltarão a Miami para continuar sua campanha. Os outros dois políticos em disputa, Ron Paul e Rick Santorum, no entanto, perderam apoio na Flórida devido à falta de chances (com 14% e 12% das intenções de voto, respectivamente). Eles preferem se concentrar nas próximas primárias republicanas em outros estados.

Na Flórida, estão em jogo 50 dos 1.144 delegados necessários para designar o candidato republicano que enfrentará o democrata Barack Obama nas eleições presidenciais de novembro.

Por enquanto, Romney tem 31 garantidos e Gingrich, 26. Quem ganhar na Flórida, obterá todos os 50 delegados em jogo. Entre outras atividades, ambos os pré-candidatos, que mantêm o bombardeio de anúncios de campanha na mídia da Flórida, participarão nesta sexta-feira de uma conferência organizada pelo grupo conservador Rede de Liderança Hispana (HLN), em Doral, cidade nos arredores de Miami.

A Flórida é um estado-chave no processo de eleição do candidato republicano e o primeiro do calendário das primárias no qual o voto latino (13% do total) será decisivo. Ao contrário de outros estados, os hispânicos da Flórida não costumam votar sempre no mesmo partido, já que são uma comunidade cada vez mais diversa. EFE