Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rebeldes islamitas somalis proíbem trabalho da Cruz Vermelha

Os rebeldes islamitas somalis shebab anunciaram nesta segunda-feira que haviam proibido o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) de trabalhar nas áreas sob seu controle e ordenaram que a organização interrompa todas as suas atividades.

Os insurgentes ligados à al-Qaeda indicaram, em comunicado, “ter decidido por fim ao contrato” com o CICV, já que o Comitê teria distribuído alimentos “estragados” e acusado “erradamente” aos mujahedines de impedir a distribuição de alimentos.

O CICV era uma das poucas organizações humanitárias que ainda atuavam nas regiões do sul e centro da Somália controladas pelos shebab.

Mas a organização já tinha anunciado dias antes a suspensão de suas distribuições de alimentos nessas regiões, depois do bloqueio de 140 caminhões de ajuda destinada a 240.000 pessoas nas províncias de Galgadud e do Médio Shabelle, umas das três regiões somalis que sofrem com a fome segundo as Nações Unidas.