Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Rainha desfila em carruagem por Londres e saúda súditos

Em mensagem, Barack Obama felicita Elizabeth II por seus 60 anos de reinado

Por Da Redação 5 jun 2012, 12h36

A rainha Elizabeth II desfilou de carruagem na tarde desta terça-feira diante de uma multidão de admiradores pelo centro de Londres até o Palácio de Buckingham, ao som das badaladas do sinos da Abadia de Westminster, no último dia de comemorações por seu Jubileu de Diamante. Devido à ausência do marido da monarca, o príncipe Philip – hospitalizado devido a uma infecção na bexiga -, quem se sentou a seu lado foi a duquesa da Cornualha, Camila, mulher do príncipe Charles, acomodado à frente das duas.

Leia também:

Leia também: Manter uma rainha custa caro – mas o retorno é ainda maior

Durante o desfile, um avião da II Guerra Mundial sobrevoou as carruagens, que seguiam em cortejo carregando os demais membros da família real, como os príncipes Harry e William, acompanhado de Kate Middleton. Em seguida, todos foram ao balcão do Palácio de Buckingham saudar as dezenas de milhares de pessoas reunidas sob uma fina chuva.

A jornada, que havia começado com uma missa de ação de graças na Catedral de St. Paul, marca o fim de quatro dias de celebrações, que tiveram como seu ponto alto no domingo uma procissão fluvial de mil embarcações no Tâmisa, um pouco prejudicada pela chuva, e um espetacular show na segunda-feira à noite diante de Buckingham.

Obama – Neste último dia de festejos pelos 60 anos de reinado da monarca, o presidente americano Barack Obama felicitou-a pelo Jubileu de Diamante e manifestou a esperança de vê-la “reinar por muitos anos”, exaltando as relações entre os Estados Unidos e a Grã-Bretanha.

Em uma mensagem de vídeo no site da Casa Branca, Obama apresentou suas “sinceras felicitações” e afirmou que ela é a “testemunha viva” da força da “relação especial” entre os dois países. “Que a luz da coroa de Vossa Majestade continue a reinar durante muitos anos ainda”, declarou o presidente, que realizou em 2011 uma visita de Estado à Grã-Bretanha durante a qual ele saudou suas relações cordiais com a soberana.

(Com agências EFE e France-Presse)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês