Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Quase metade dos americanos ainda duvida de eleição de Biden, diz pesquisa

Entre entrevistados, 26% disseram que não acreditam, de forma alguma, que democrata venceu de forma legítima, uma afirmação já desmentida

Por Caio Saad 5 jan 2022, 12h34

Apenas 55% dos americanos acreditam que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, venceu de forma legítima a eleição de 2020, mesmo que o resultado tenha sido provado em tribunais em todo o país diversas vezes, indicou uma nova pesquisa do portal Axios junto à consultoria Momentive, publicada nesta quarta-feira, 5.

Entre os entrevistados, 26% disseram que não acreditam, de forma alguma, que Biden venceu de forma legítima, uma afirmação já desmentida por autoridades americanas. Além disso, 16% disseram não ter certeza.

O processo do Colégio Eleitoral, que normalmente não passa de uma formalidade, ganhou mais atenção neste no devido à ofensiva republicana de tentar desqualificar o pleito. Os resultados da eleição foram certificados pelos 50 estados americanos, assim com pelo Distrito de Columbia. O democrata venceu com 81,3 milhões de votos, 51,3% dos sufrágios emitidos, contra 74,2 milhões (46,8%) do republicano.

Mas nos Estados Unidos o presidente é decidido pelo sufrágio universal indireto, e cada estado dispõe de um número determinado de delegados com base no tamanho de sua população. Biden conquistou 306 dos 538 delegados do Colégio Eleitoral, e Trump 232. Para vencer a eleição eram necessários ao menos 270.

Além das vitórias em tribunais, a eleição de Biden também foi reconhecida prontamente por figuras do alto escalão republicano, como o então líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell.

Ainda de acordo com a pesquisa, publicada um dia antes da marca de um ano da invasão ao Capitólio dos Estados Unidos, cerca de 37% dos entrevistados disseram ter perdido a fé na democracia americana, enquanto 10% disseram que nunca tiveram qualquer fé.

Esses números, no entanto, refletem linhas partidárias e tendem mais à direita do que à esquerda, à medida que 47% dos republicanos disseram ter perdido a fé, enquanto apenas 28% dos democratas concordaram com a afirmação.

Sobre a invasão em Washington, que provocou cenas de caos e destruição, cerca de metade dos republicanos e sete a cada 10 democratas entrevistados disseram acreditar que eventos como o ocorrido devem acontecer de novo nos próximos anos. Apenas 59% disseram apoiar o trabalho do comitê da Câmara que investiga os ataques — 88% deles democratas, 58% independentes e 32% democratas.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês