Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Quarenta feridos no “Dia da Terra” por choques israelenses-palestinos

Por Abbas Momani 30 mar 2012, 13h05

Quarenta palestinos palestinos ficaram feridos nesta sexta-feira, em confrontos entre palestinos e forças israelenses na Cisjordânia ocupada, por ocasião do “Dia da Terra”, durante manifestações em que participaram milhares de pessoas.

Os choques entre jovens que jogavam pedras e soldados israelenses que disparavam balas de borracha e granadas de efeito moral explodiram na represa de Qalandia, perto de Jerusalém.

Em Jerusalém Leste ocupada e anexada, a polícia israelense prendeu quatro palestinos que oravam na rua porque não podiam entrar na Esplanada das Mesquitas, na Cidade Velha. Apenas os palestinos de mais de 40 anos e com carteira de identidade de residente fornecida por Israel podem entrar na esplanada.

No norte da Cisjordânia, mil pessoas desfilaram por Kafr Qadum, a oeste de Nablus. O setor foi decretado zona militar cercada pelo exército israelense.

O “Dia da Terra”, celebrado todos os anos em 30 de março pela minoria árabe de Israel, lembra a morte, em 1976, de seis membros desta comunidade em manifestações contra o confisco de terrenos pelas autoridades israelenses.

Continua após a publicidade

Publicidade