Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Protestos republicanos estão proibidos durante proclamação do novo rei

Bandeiras republicanas não poderão ser exibidas no centro de Madri

Qualquer manifestação a favor da república no centro da capital Madri estará proibida nesta quinta-feira, dia em que Felipe VI será oficializado como novo rei da Espanha. Policiais estão orientados a impedir a exibição de bandeiras e outros símbolos republicanos ao longo do caminho que o novo rei e a rainha Letizia vão percorrer pelo centro da cidade e arredores. O argumento é que esse tipo de manifestação pode ser vista como uma provocação aos que estiverem acompanhando o desfile.

“Ninguém será detido pelo simples fato de portar uma bandeira republicana, exceto se provocar distúrbios, desobedecer aos policiais ou resistir”, informou a polícia, em comunicado. Os policiais também vão registrar os endereços das residências que eventualmente exibirem símbolos republicanos ao longo do percurso, para depois determinar se a ação constituiu uma provocação, informou o jornal El País.

Leia também:

Em último ato como rei, Juan Carlos assina sua abdicação

Letizia Ortiz, de jornalista a futura rainha da Espanha

Além disso, o Tribunal Superior de Justiça de Madri confirmou nesta quarta a proibição da realização de protestos na região central. A medida havia sido imposta inicialmente pelo governo local, que negou autorização para a realização de duas manifestações e duas concentrações na cidade. Grupos de manifestantes recorreram à Justiça e acabaram perdendo. Segundo a delegada do governo espanhol em Madri, Cristina Cifuentes, a realização de manifestações era incompatível com o aparato de segurança montado para a cerimônia. Apesar das proibições, nas redes sociais continuam a circular convocações para as manifestações.

O esquema de segurança começou ontem com controles e registros de pedestres e motoristas. Bolsas, mochilas e carrinhos de bebê foram revistados, segundo o jornal. Moradores de casas próximas ao trajeto do desfile também tiveram de informar à polícia quem estará na residência no momento da cerimônia. Nas ruas, alguns policiais ofereceram bandeiras nacionais aos cidadãos.

Ricardo Setti: A verdadeira causa da abdicação