Príncipe herdeiro dos Emirados Árabes é encontrado morto em Londres

Autópsia é inconclusiva, e causa da morte continua em investigação pelas autoridades londrinas

Por Da Redação - Atualizado em 3 jul 2019, 17h33 - Publicado em 3 jul 2019, 12h52

O príncipe herdeiro do emirado Sharjah, um dos sete que compõem os Emirados Árabes Unidos, Khalid Al Qasimi, de 39 anos, foi encontrado morto na terça-feira 2, em Londres. A perícia ainda não conseguiu determinar a causa da morte.

A polícia londrina disse, por meio de comunicado, que recebeu o chamado sobre “uma morte repentina em uma propriedade em Knightsbridge”. A autópsia do corpo foi realizada, mas os resultados se mostraram inconclusivos. Autoridades aguardam os resultados de novos exames.

Qasimi tornou-se herdeiro do emirado após seu irmão Mohammed Al Qasimi morrer de overdose em 1999, aos 24 anos de idade. Ele presidia o Conselho de Planejamento Urbano de Sharjah, que elabora projetos de infraestrutura.

Qasimi era também estilista e havia apresentado sua nova coleção primavera/verão 2020 em um evento de moda em Londres, há três semanas. Graduado em arquitetura e design de moda na faculdade Central Saint Martins, ele apresentara sua primeira coleção em 2008.

Publicidade

O corpo do príncipe e estilista foi transportado aos Emirados Árabes Unidos e velado nesta quarta-feira, 3. O país decretou três dias de luto. A família de Qasimi governa o emirado de Sharjah desde 1972.

Publicidade