Clique e assine com 88% de desconto

Presidente demite responsável por segurança de transporte

Medvedev afirma que os que não trabalharem serão punidos

Por Da Redação - 26 jan 2011, 13h52

O presidente russo, Dimitri Medvedev, destituiu nesta quarta-feira o alto funcionário do ministério do Interior responsável pela segurança dos transportes. A medida foi tomada depois de o governo do país prometer um “contra-ataque” das autoridades russas após o atentado no aeroporto de Moscou, que matou 35 pessoas na última segunda-feira.

“Assinei o decreto de destituição de (Andrei) Alexeev, chefe da direção de transportes do ministério do Interior, encarregado do distrito federal central”, declarou o presidente, segundo a imprensa russa. O distrito federal inclui Moscou e sua região, onde fica o aeroporto Domodedovo, alvo do atentado. “Aqueles que não trabalham como se deve serão punidos”, acrescentou Medvedev. Ele dirigiu suas mais duras críticas à direção do aeroporto, acusada de não ter implementado as medidas de segurança adequadas.

Investigação – Os agentes russos trabalham com a hipótese de que a explosão tenha sido provocada por uma mulher-bomba, acompanhada de um cúmplice. Para eles, a estratégia é característica dos rebeldes da Chechênia, no norte do Cáucaso. A região, no sul da Rússia, é berço de um movimento rebelde separatista de inspiração islâmica

(Com agência France-Presse)

Publicidade