Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Prefeito de Toronto agora faz ameaças de morte em vídeo

Após admitir à população que fumou crack, Rob Ford foi flagrado bêbado e dizendo a pessoas próximas que cometeria um assassinato

Por Da Redação 7 nov 2013, 19h32

O jornal Toronto Star divulgou mais um vídeo constrangedor estrelado pelo prefeito de Toronto, Rob Ford. Depois de ser flagrado fumando crack, em nova filmagem ele aparece “extremamente bêbado”, como admite, fazendo diversas ameaças de morte. O jornal não conseguiu descobrir a situação em que a gravação foi feita, nem a pessoa a quem o prefeito se referia.

Leia também

“Sim, eu fumei crack”, diz prefeito de Toronto

Prefeito de Toronto se desculpa por escândalo mas segue no cargo

No vídeo, Ford fala vários palavrões e diz a pessoas próximas que está com vontade de cometer um assassinato. “Eu vou matar aquele cara. Eu estou te dizendo, é um assassinato”, diz o político. “Sem limites, irmão. Ou ele morre ou ele morre, irmão. Vou cortar a garganta dele. Vou arrancar os olhos dele”, esbraveja Ford, gesticulando e andando de um lado para o outro.

Reprodução de quadro do vídeo que mostra o prefeito Rob Ford na companhia de supostos traficantes
Reprodução de quadro do vídeo que mostra o prefeito Rob Ford na companhia de supostos traficantes VEJA
Continua após a publicidade

Em certo momento do vídeo, Ford sugere que o alvo de sua ira é alguém que teria falado mal de sua família. “Meus irmãos são… não digam que somos mentirosos, ladrões, idiotas”, afirma.

Segundo o jornal The Guardian, o irmão do prefeito, Doug, também trabalha na prefeitura de Toronto. O chefe de gabinete de Ford, Earl Provost, disse que não poderia fazer qualquer tipo de pronunciamento sobre o vídeo. “Eu peço desculpas. Eu não posso falar sobre isso”, disse Provost ao Toronto Star.

Ford, por sua vez, reconheceu aos repórteres que estava “extremamente, extremamente bêbado” durante a gravação e se sentia “envergonhado” por isso. O prefeito também reafirmou que cometeu erros. “Tudo que eu posso fazer é tentar recuperar a confiança da população. Eu não sei o que dizer”, acrescentou.

Apesar do constrangimento, Ford tem sinalizado que não pretende renunciar. E há quem o apoie. Mesmo depois das denúncias e do vídeo que o mostra fumando crack, cerca de 10 000 simpatizantes compareceram ao churrasco anual da família Ford em Toronto, informou a CBC. “Ele é uma pessoa extraordinária e as pessoas têm colocado a sua fé nele”, disse a vereadora Denzil Minnan-Wong à CNN.

Se não bastasse o problema com as drogas, Ford já foi criticado por comentários infelizes, interpretados como racistas, homofóbicos e misóginos.

https://youtube.com/watch?v=hcPD7tzcU60

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês