Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Portos argentinos fechados por protesto voltam a funcionar

Por Da Redação 21 abr 2012, 12h06

Buenos Aires, 21 abr (EFE).- Trabalhadores que interromperam durante dois dias as atividades de cinco portos da Argentina suspenderam o protesto à espera de receber respostas do governo a suas reivindicações de flexibilização dos impedimentos às importações.

A informação foi confirmada neste sábado por Raúl Vázquez, porta-voz dos trabalhadores que cruzaram os braços nos portos de Buenos Aires, Zárate, Campana, Bahía Blanca e Rosário.

O protesto começou nesta quinta-feira no porto de Buenos Aires, que concentra quase 70% do movimento de contêineres do país, e chegou no mesmo dia aos outros quatro terminais.

A medida foi promovida por agentes alfandegários e caminhoneiros que transportam produtos dos contêineres, que denunciaram que as restrições às importações levaram a uma queda de 60% das atividades.

Há meses, através da Secretaria de Comércio Interior, o governo argentino vem impondo impedimentos às importações de diversos produtos para favorecer a indústria local, o que provocou atritos comerciais com alguns países, como Brasil e Uruguai. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade