Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Por acaso, polícia italiana resgata na Bélgica estátua do século I

Obra que representa um homem togado de tamanho natural e está sem a cabeça é avaliada em 100 mil euros ou quase 700 mil reais

Por Da Redação Atualizado em 14 abr 2021, 11h18 - Publicado em 14 abr 2021, 11h00

Por uma sorte do destino, dois policiais italianos do esquadrão especializado em crimes relacionados à arte estavam passeando em um antiquário, na Bélgica, após uma diligência, quando depararam com um Togatus do século I. A estátua de mármore representando um romano togado havia sido roubada de um sítio arqueológico de Roma em 2011. E já foi retornada à Itália, onde foi devolvida ao seu local de origem.

Em um comunicado emitido na segunda-feira, o esquadrão de arte da polícia italiana disse que um empresário italiano que se fez passar por espanhol foi encaminhado aos promotores para uma investigação mais aprofundada sobre as acusações de que teria recebido e depois exportado a estátua para o exterior.

Avaliada em cerca de 100 mil euros ou quase 700 mil reais, a estátua Togatus tem tamanho natural e está sem a cabeça. Ela foi roubada em novembro de 2011 do sítio arqueológico Villa Marini Dettina, nos arredores da capital italiana.

Segundo a polícia italiana, dois integrantes da unidade arqueológica do esquadrão de arte estavam trabalhando em Bruxelas quando deram um passeio após o trabalho no bairro de Sablon, conhecido por suas lojas de antiguidades. Eles avistaram uma estátua de mármore em uma loja que suspeitaram ser da Itália e confirmaram suas suspeitas ao cruzar o trabalho com um banco de dados de antiguidades roubadas.

Continua após a publicidade
Publicidade