Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia prende manifestantes em Washington e San Francisco

Ao menos 70 pessoas foram detidas em San Francisco e outras doze, em Washington, durante protestos anticapitalistas e por mais empregos nos Estados Unidos, informaram as autoridades.

Em San Francisco, policiais chegaram e deram aos manifestantes que ocupavam uma praça entre 5 e 10 minutos para abandonar o local, disse à AFP o porta-voz Albie Esparza. A maioria saiu voluntariamente, mas cerca de 30 pessoas recusaram a determinação e foram detidas, do mesmo modo que 40 ativistas que bloqueavam uma rua vizinha.

Durante a operação, manifestantes atiraram cadeiras de metal contra a polícia e um agente ficou ferido na perna.

Em Washington, milhares de pessoas se manifestaram próximo à Casa Branca para exigir empregos e um aumento nos impostos para os mais ricos nos Estados Unidos, em um protesto que terminou com 12 detidos.

A manifestação, da qual participaram sindicatos e organizações vindas de todos os lados do país, é a segunda organizada em Washington, batizada como “Retomem o Capitólio”, sede do Congresso dos Estados Unidos.

No protesto, escoltado por policiais, alguns deles a cavalo, os participantes carregavam bandeiras pedindo “Justiça”, “Impostos aos ricos” ou caricaturas dos grandes empresários americanos.

Depois de uma hora de conversas entre os manifestantes e os agentes, a polícia começou a deter os participantes que tinham bloqueado um movimentado cruzamento no centro da capital americana.

“Perdi meu trabalho há três anos”, disse à AFP Victor Guzman, de 58 anos, um ex-trabalhador da indústria têxtil vindo de Nova York. O presidente Barack Obama prometeu mudanças. Para quem? A mudança para 1% dos ricos?”, acrescentou.

Em grupos, os manifestantes tinham protestado diante das sedes de empresas como Verizon, Bank of America ou General Electric.

Washington é um dos últimos bastiões de ativistas anti-capitalistas, que acampam em duas praças da capital americana, depois da remoção dos acampamentos em Nova York, Los Angeles e San Francisco.