Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia identifica jovem que detonou bomba em aeroporto

Suicida responsável por 35 mortes era estudante na república de Inguchétia

Um estudante de contabilidade de Ali-Yurt, na república da Inguchétia, vizinha da Chechênia, foi identificado como o terrorista suicida que no dia 24 de janeiro detonou a bomba no aeroporto moscovita de Domodedovo deixando pelo menos 35 mortos e quase duas centenas de feridos. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira pelo site local Life.ru.

Segundo o portal, a identidade do terrorista, Magomed Yevloev, foi confirmada por meio da análise comparativa de DNA e de suas impressões digitais. Um porta-voz do Ministério do Interior inguche declarou à agência oficial russa Itar-Tass, porém, que não conta com essas informações, nem pode divulgar nada sobre o caso.

No fim de semana passado, o Comitê de Instrução da Rússia anunciou que tinha sido confirmada a identidade do terrorista suicida, mas que não a tornaria pública para não atrapalhar as investigações. As autoridades revelaram apenas que se tratava de um jovem de 20 anos, oriundo de uma das repúblicas russas do Cáucaso Norte. Na véspera, o presidente russo, Dmitri Medvedev, criticou as forças de segurança por terem dado por resolvido antes do tempo o atentado.

(Com agência EFE)