Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Plataforma de petróleo afunda na Rússia e deixa quatro mortos e 49 desaparecidos

Ao menos quatro pessoas morreram e 49 estão desaparecidas após o naufrágio de uma plataforma petroleira neste domingo no mar de Ojotsk, no extremo oriente russo, anunciou o ministério de Situações de Emergência.

A plataforma Kolskoye, na qual 67 pessoas trabalhavam, estava a 200 metros da margem quando ocorreu o acidente, às 12H45 local (23H45 de sexta-feira de Brasília), devido aos fortes ventos, e a uma temperatura de -17° Celsius.

Quatorze pessoas foram resgatadas, algumas em estado grave. Outras quatro pessoas foram encontradas mortas, mas as equipes de resgate não conseguiram retirá-las do mar pelas difíceis condições climáticas.

As operações de busca dos desaparecidos foram interrompidas no início da noite, às 19H00 local (06H00 de Brasília), embora dois helicópteros e um avião continuassem sobrevoando a região, informou a agência Interfax citando uma autoridade local.

A plataforma, arrastada por um rebocador e um barco quebra-gelo, era deslocada da península de Kamchatka em direção à ilha de Sajalin no momento do naufrágio.

Os trabalhos de resgate foram dificultados pelo vento e pelas ondas de quatro metros.

As autoridades indicaram em um comunicado que foi aberta uma investigação sobre as circunstâncias do acidente, e para esclarecer eventuais violações das normas de segurança.

A plataforma realizava uma missão de prospecção no oeste de Kamchatka para a empresa Gazflot, uma filial do grupo Gazprom.