Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Parlamento espanhol celebra 1º dia da posse de Rajoy nesta 2ª feira

Madri, 18 dez (EFE).- O Parlamento espanhol celebra nesta segunda-feira o primeiro dia da posse do conservador Mariano Rajoy como primeiro-ministro, que em seu discurso exporá algumas de suas propostas para sair da crise econômica pela qual o país atravessa.

Rajoy se tornará na terça-feira o sexto chefe do governo da etapa democrática espanhola, depois que a legenda que lidera, o Partido Popular (PP, centro-direita), ganhou as eleições gerais por uma ampla maioria absoluta em 20 de novembro.

A sessão de posse começará às 9h (horário de Brasília) no Congresso dos Deputados, onde se espera que o político exponha seu programa de governo e peça a confiança da Câmara.

Tudo indica que o eixo do discurso do presidente do PP terá um componente marcadamente econômico: conseguir a estabilidade orçamentária e cumprir os objetivos de déficit e enfrentar reformas que considera imprescindíveis, entre elas as do mercado de trabalho e do sistema financeiro.

A Espanha tem atualmente quase 5 milhões de desempregados e diminuir este número será um dos principais objetivos do PP.

Rajoy já antecipou que diante da difícil situação econômica terá que adotar medidas desagradáveis para os espanhóis, embora esteja convencido de que os cidadãos as entenderão.

A dúvida é até onde anunciará essas medidas nesta segunda, já que fontes do PP explicaram que para algumas delas será necessário saber com mais detalhes o estado das contas assim que o partido assumir o poder.

O que está de fato previsto é que Rajoy explique a estrutura do novo Executivo, embora será necessário esperar até quarta-feira para conhecer os nomes dos ministros.

Por enquanto, o futuro primeiro-ministro mantém a discrição e no partido só está certo o peso que terá no gabinete a até agora porta-voz do PP no Congresso, Soraya Sáenz de Santamaría, de 40 anos.

Nesta décima legislatura, uma das principais novidades é que a coalizão Amaiur estará presente no Congresso após 15 anos de ausência da esquerda independentista basca no Parlamento espanhol.

A sessão de posse terminará na terça-feira com a escolha de Rajoy como chefe do governo. EFE