Clique e assine a partir de 9,90/mês

Panamá encontra armamentos em navio da Coreia do Norte

Material bélico estava escondido entre o açúcar em embarcação vinda de Cuba

Por Da Redação - 16 jul 2013, 05h18

As autoridades do Panamá apreenderam na noite de segunda-feira um navio de bandeira norte-coreana que carregava armamentos escondidos debaixo de uma carga de açúcar mascavo. A embarcação vinha de Cuba com destino à Coreia do Norte e foi retida no porto de Manzanillo, localizado no lado do Atlântico do canal do Panamá.

O presidente panamenho Ricardo Martinelli confirmou a retenção e detalhou que “material bélico e balístico” foi encontrado em dois contêineres do navio. Martinelli pediu para as autoridades portuárias investigarem o caso e acrescentou que o capitão do navio e os 35 tripulantes ofereceram resistência antes de serem detidos. “Que o mundo saiba que material bélico não declarado não pode passar pelo Canal do Panamá”, afirmou. O presidente postou em sua conta no Twitter uma foto de um grande tubo verde, que seria parte do material encontrado no navio.

Tentativa de suicídio – Em depoimento para a CNN, o ministro da Defesa do país, Jose Mulino, relatou que o capitão da embarcação tentou cometer suicídio quando o carregamento de armas foi descoberto. O ministro também informou que o material bélico foi encontrado entre uma carga de 250 quilos de açúcar mascavo.

Os marinheiros detidos foram levados à antiga base aeronaval americana de Sherman, atualmente dirigida pelo Serviço Naval do Panamá, para aguardar os desdobramentos da investigação. O Panamá pedirá suporte à ONU para avaliar qual o tipo de armamento que estava sendo transportado na embarcação e para determinar qual será o destino da tripulação.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade