Pai de Snowden aconselha o filho a ficar na Rússia

Lon Snowden agradeceu a 'coragem' de Vladimir Putin e disse acreditar que as autoridades russas vão conceder o asilo temporário ao ex-técnico da CIA

Por Da Redação - 31 jul 2013, 05h43

Em entrevista a um canal de televisão russo, o pai de Edward Snowden disse acreditar que Moscou vai conceder asilo temporário ao seu filho e aconselhou o ex-técnico da CIA a não deixar o seu refúgio no aeroporto da capital russa.

Leia também:

EUA prometem à Rússia não tentar pena de morte para Snowden

Snowden vai permanecer no aeroporto por enquanto, diz advogado

Publicidade

“Se estivesse em seu lugar, eu ficaria na Rússia”, declarou Lon Snowden para a emissora local Rossia-24. “A Rússia tem a capacidade de defender meu filho e protegê-lo daqueles que querem lhe fazer mal.” O pai do delator ainda agradeceu Vladimir Putin por sua “coragem” e disse que não confia nas declarações das autoridades americanas de que Snowden teria um julgamento justo e não correria o risco de receber a pena de morte nos Estados Unidos.

Responsável pelo vazamento de informações que trouxe à tona os programas secretos de vigilância do governo Obama, Snowden teve a extradição pedida pelos Estados Unidos, que desejam julgar o delator por espionagem. O ex-técnico da CIA vive há mais de um mês em uma área de trânsito do aeroporto de Moscou, impedido de sair. Snowden pediu asilo temporário para governo russo e agora aguarda a decisão das autoridades do país.

(Com agência EFE)

Publicidade