Clique e assine a partir de 9,90/mês

Opositora birmanesa Suu Kyi irá em setembro aos EUA

Esta será a primeira visita da prêmio Nobel da Paz aos Estados Unidos desde os anos 1980, depois de passar mais de duas décadas sob prisão domiciliar

Por Da Redação - 17 jul 2012, 12h09

A opositora birmanesa e prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi visitará os Estados Unidos em setembro pela primeira vez desde que foi libertada de sua prisão domiciliar, informou nesta terça-feira o centro de estudos Atlantic Council.

Leia mais:

Leia mais: Aung San Suu Kyi recebe Prêmio Nobel da Paz 21 anos depois

Suu Kyi, de 67 anos e que foi eleita ao Parlamento em 2012 em um sinal contundente da abertura de Mianmar, indicou que irá a um jantar organizado em sua homenagem em Nova York no dia 21 de setembro para receber um prêmio do Atlantic Council, disse Taleen Ananian, porta-voz deste centro de estudos com base em Washington.

Esta será sua primeira visita aos Estados Unidos desde os anos 1980, após passar mais de duas décadas sob prisão domiciliar depois que uma junta militar se recusou a aceitar a vitória de seu partido nas eleições de 1990. Suu Kyi não havia voltado a viajar ao exterior até maio deste ano, quando visitou a Tailândia. No mês passado, fez um grande giro pela Europa, onde foi homenageada nas principais capitais e admitiu que se sentia esgotada.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade