Clique e assine a partir de 9,90/mês

Oposição do Irã diz que 79 foram presos durante protestos

Movimento exige a libertação de dois importantes líderes opositores detidos

Por Da Redação - 2 mar 2011, 15h28

A oposição do Irã disse nesta quarta-feira que ao menos 79 pessoas foram detidas durante os protestos da última terça no país, apesar de as autoridades negarem as prisões. Segundo sites contrários ao governo, milhares de pessoas participaram de manifestações em Teerã e outras cidades para exigir a libertação dos líderes do “Movimento Verde“, o ex-primeiro-ministro Mir Hossein Mousavi e o ex-presidente do Parlamento Mehdi Karoubi, que supostamente foram retirados de suas casas e presos na semana passada.

O procurador-geral iraniano, Gholamhossein Mohseni-Ejei, negou que as detenções tivessem ocorrido. Segundo ele, os homens ainda estavam em suas casas mas não tinham permissão para entrar em contato com o mundo externo. O governo mobilizou um grande contingente de forças de segurança para prevenir-se contra a repetição do protesto massivo que se seguiu à reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad, em 2009.

Nesta quarta-feira, a mídia estatal nem sequer mencionou os protestos da véspera. Já o site da oposição Sahamnews informou que ao menos 79 pessoas foram presas na terça. Alguns portais informaram que cerca de 1500 pessoas foram detidas em 14 de fevereiro, durante a primeira manifestação do Movimento Verde em quase um ano, convocada para mostrar apoio às rebeliões pró-democracia no Oriente Médio.

(Com Agência Reuters)

Publicidade