Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Operação contra a máfia na Itália e nos EUA prende dezenas de suspeitos

Em Nova York foram detidos membros das famílias Gambino e Bonanno, protagonistas do livro-reportagem do escritor americano Gay Talese

Por Da Redação 11 fev 2014, 08h16

A polícia italiana e o FBI (polícia federal americana) realizaram nesta terça-feira uma ampla operação contra a máfia calabresa, a Ndrangheta, na Itália e nos Estados Unidos, anunciou a imprensa italiana. Ao todo, 26 pessoas foram detidas, oito nos EUA e dezoito na Itália, e dezenas de ações de busca e apreensão foram efetuadas durante a manhã em uma investigação de tráfico de drogas entre os dois países, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. A investigação teve início há dois anos.

Coordenada pelo procurador de Reggio Calabria, região ao Sul da Itália, Federico Cafiero de Raho, a operação mobilizou mais de 100 agentes em Nova York e em várias regiões da Itália. Entre os oito detidos em Nova York estão integrantes das famílias Gambino e Bonanno – duas das cinco fações que dominam o crime organizado nos EUA. Ambas as famílias, principalmente os Bonanno, ficaram mundialmente famosos após a publicação, em 1971, do livro-reportagem Honra Teu Pai, do jornalista e escritor americano Gay Talese, que narra a ascensão e queda de Joseph Bonanno e seu filho, Salvatore “Bill” Bonanno.

Leia também

Polícia italiana prende família de chefão da máfia da Sicília

Papa Francisco poderá se tornar alvo da máfia italiana

Chefe mafioso foragido da Itália é detido em Londres

Autoridades dos EUA disseram à rede CBS que os oito detidos em Nova York devem prestar depoimento ainda nesta terça-feira. Na Itália, a operação tinha como alvos os clãs Ursino e Simonetta, que operam na Calabria.

Continua após a publicidade

A droga, procedente da América do Sul, em particular da Guiana, entrava na Itália através do porto de Gioia Tauro, no Sul do país, e de lá era distribuída na Europa. De acordo com a imprensa italiana, a polícia encontrou cocaína escondida em latas de frutas em conserva. A operação na cidade portuária começou durante a madrugada desta terça-feira, em condições de sigilo absoluto, pois, segundo a CBS, a área é tão infestada de mafiosos, que eles têm olhos e ouvidos em todos os lugares.

Em 2008, as polícias dos dois países organizaram uma operação similar contra a Cosa Nostra, a máfia siciliana, e seus aliados nos Estados Unidos. A região da Calabria é reduto da Ndrangheta, considerada a mais perigosa e poderosa das quatro principais máfias italianas.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade