Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ONU convoca reunião de emergência para discutir desastre

Conselho de Segurança se reúne nesta sexta-feira para exigir 'investigação independente' sobre a derrubada do avião da Malaysia Airlines na Ucrânia

(Atualizado às 11h50)

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) convocou uma reunião de emergência para esta sexta-feira para discutir a derrubada do avião comercial da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia. O desastre provocou a morte de todas as 298 pessoas a bordo. O encontro começou por volta de 11h no horário de Brasília. Representantes britânicos propuseram ao Conselho de Segurança um comunicado que demande a “total, minuciosa e independente investigação internacional sobre o incidente”.

Leia mais:

Maioria dos passageiros era de origem holandesa

Telefonemas provam envolvimento russo, diz Ucrânia

O sistema de mísseis por trás da derrubada do voo MH-17

Na quinta-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que “há claramente a necessidade por uma completa e transparente investigação internacional” sobre a queda do avião que sobrevoava a Ucrânia. Em evento para a imprensa, Ban disse estar monitorando de perto o desastre. “Eu ofereço minhas profundas condolências às famílias e aos entes queridos das vítimas e às pessoas da Malásia”, acrescentou.

Acusações – O Boeing 777 que ia de Amsterdã para Kuala Lumpur foi abatido quando sobrevoava o leste da Ucrânia. No total, 298 pessoas estavam a bordo, incluindo quinze tripulantes. Não houve sobreviventes, segundo o governo ucraniano, que culpou separatistas pró-Moscou de serem os responsáveis por disparar um míssil que derrubou a aeronave. Os rebeldes, que autoproclamaram uma região independente no leste do país, negaram envolvimento, assim como as autoridades russas.

Local da queda do avião na Ucrânia