Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Onda de frio polar já causou 72 mortes na Polônia em fevereiro

Varsóvia, 13 fev (EFE).- Cinco pessoas morreram na Polônia por hipotermia ou congelamento nas últimas 24 horas, elevando para 72 as mortes pelo frio neste mês, além de outras duas na última noite por inalação de monóxido de carbono expelido por aquecedores.

As temperaturas caíram bastante principalmente na primeira semana de fevereiro, quando chegaram a menos de 30 graus negativos em algumas regiões do leste do país, apesar de a onda de frio ter diminuído nos últimos dias.

Na primeira quinzena de fevereiro do ano passado, o número de mortes por hipotermia ou congelamento era de 37, muito abaixo das 72 registradas neste mês até o momento, lembrou nesta segunda-feira o Ministério do Interior polonês.

Até agora, 23 pessoas morreram por inalação de monóxido de carbono, em muitos casos pelas más condições de ventilação e sistemas de calefação residencial muito antigos.

Nos próximos dias, as temperaturas subirão ligeiramente, podendo chegar a três graus em algumas áreas do norte da Polônia e 15 graus negativos no sudeste do país.

Desde o começo do ano, pelo menos 104 pessoas morreram na Polônia país por causa do frio. EFE