Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama reitera compromisso com Israel ao iniciar diálogos sobre o Irã

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou nesta segunda-feira que o compromisso de seu país com Israel é “sólido como uma rocha”, ao receber o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na Casa Branca para discutir o programa nuclear iraniano.

No entanto, o presidente Obama afirmou que a diplomacia tem uma oportunidade no Irã, país acusado pelos países ocidentais de querer obter armas nucleares e que foi ameaçado unilateralmente por Israel nas últimas semanas.

Ao receber Netanyahu no Salão Oval para iniciar as conversas sobre o Irã, Obama logo se preocupou em reduzir o temor do país judeu ao reafirmar que seu compromisso com a segurança israelense é intocável.

Mas o líder americano também deixou claro que sua preferência é por uma solução pacífica para o conflito.

“Acreditamos que existe uma janela que permite a resolução pacífica desta questão”, disse, afirmando que, para isso, o Irã terá que tomar uma decisão que ainda não tomou.

“Deixo todas as opções” em aberto, declarou Obama. “Quando digo que todas as opções estão na mesa, realmente é isso o que quero dizer”, acrescentou.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou que Israel vai “continuar sendo dono de seu destino”, no momento em que o estado hebreu considera destruir o programa nuclear iraniano.

“Minha responsabilidade suprema, como primeiro-ministro israelense, é velar para que Israel continue a ser dono de seu destino”, declarou Netanyahu, após agradecer a Obama por seu apoio ao direito de Israel de se defender.

Israel disse que, caso as sanções contra o Irã não sejam suficiente para frustrar suas ambições nucleares, vai se reservar o direito de efetuar um ataque preventivo contra a república islâmica.