Clique e assine com até 92% de desconto

Obama presta homenagem a vítimas de Shanksville

Junto de sua mulher, o presidente americano deixou uma coroa de flores em monumento

Por Da Redação 11 set 2011, 15h07

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, homenageou neste domingo com uma coroa de flores as vítimas do voo 93 que se caiu em Shanksville, na Pensilvânia, durante a série de atentados do dia 11 de setembro de 2001. Juntamente com sua mulher Michele, Obama percorreu o monumento de mármore construído no terreno onde o avião caiu, e depositou uma coroa de rosas brancas. Considerados heróis nacionais, os passageiros mortos na queda impediram os terroristas de completar o objetivo de lançar a aeronave sobre o Capitólio, em Washington.

O casal aguardou em silêncio durante alguns segundos, antes de deixar o local entre os aplausos do público e gritos de “EUA, EUA”. Sem fazer qualquer declaração pública, o presidente e sua mulher conversaram com alguns dos familiares presentes na cerimônia.

Familiares e amigos dos 40 passageiros e tripulantes que morreram no voo 93 se reuniram no local onde ocorreu a tragédia para recordar seus entes queridos. No total, mais de 2 000 pessoas participaram na homenagem nessa área rural da Pensilvânia, onde, na véspera, foi inaugurado o monumento.

Antes de chegar a Shanksville, Obama participou da cerimônia dos dez anos do 11 de setembro no Marco Zero, com a leitura do Salmo 46. Em seguida, o presidente americano irá a Washington para outra homenagem às vítimas no terceiro cenário da tragédia, o Pentágono. Não há previsão de pronunciamento na próxima cerimônia, mas o discurso do presidente sobre a comemoração está marcado para esta noite às 20h local (21h de Brasília), ao apresentar no Centro Cultural Kennedy de Washington o “Concerto para a Esperança”.

(Com agências EFE e France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade