Obama parabeniza Putin por vitória nas eleições russas

Em conversa por telefone, governantes falaram sobre laços entre os dois países

Por Da Redação - 10 mar 2012, 04h40

Barack Obama parabenizou Vladimir Putin nesta sexta-feira por sua vitória nas contestadas eleições presidenciais da Rússia, realizadas no último domingo. As felicitações aconteceram por telefone, em uma conversa na qual também foram discutidas formas de melhorar as relações entre os dois países, informou a Casa Branca.

Durante a ligação, Obama destacou as conquistas conjuntas de EUA e Rússia nos últimos três anos com o presidente Dmitri Medvedev, incluindo a cooperação no Afeganistão, a ratificação do tratado Start, a cooperação com relação ao Irã e o recente convite para que a Rússia se junte à Organização Mundial do Comércio (OMC).

O presidente americano aproveitou para manifestar seu desejo de receber Putin na cúpula do Grupo dos Oito (G8, formado pelos sete países mais ricos do mundo e a Rússia) em maio, nos Estados Unidos. Os dois governantes também concordaram em continuar as discussões em áreas nas quais EUA e Rússia mantiveram diferenças, incluindo a conflito na Síria.

Ditadores – Obama aguardou quase uma semana para felicitar o colega russo pela vitória – marcada por inúmeras fraudes – nas urnas. Os ditadores do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, da Síria, Bashar Assad, e da Venezuela, Hugo Chávez, foram mais apressados e fizeram questão de saudar Putin logo após as eleições. Agradecido pelo apoio da Rússia ao seu regime, Assad parabenizou a ‘expressiva vitória’ do aliado.

Publicidade

Irregularidades – Pelos resultados oficiais das eleições na Rússia, Putin obteve 63,6% dos votos no pleito. O presidente admitiu a possibilidade de terem ocorrido fraudes, mas estas seriam na casa de centésimos, no máximo de 1%, o que não interferiria no resultado das eleições.

(Com agência EFE)

Publicidade