Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama fala de imigração e futebol em seu dircurso do Quatro de Julho

No dia de independência dos EUA, presidente se compromete a aprovar a reforma nas leis de imigração. Obama também agradeceu seleção americana

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participou nesta sexta-feira das tradicionais festividades do Quatro de Julho, Dia da Independência americana. Em seu discurso, ele destacou a contribuição dos imigrantes para o país e se comprometeu com uma reforma nas leis de imigratórias, uma das promessas de sua segunda campanha presidencial. Citando os estrangeiros que lutaram em guerras pelo Exército dos EUA, Obama destacou o “sacrifício dos imigrantes dispostos a dar a vida por um país” inclusive antes de ser “totalmente o seu”.

Na festa de 238 anos da data, Obama lembrou que o país é uma “nação de imigrantes” e se comprometeu a continuar trabalhando para aprimorar o atual sistema de receber estrangeiros, motivo de disputa entre democratas e republicanos no Congresso, onde está estagnado o projeto de lei aprovado no ano passado pelo Senado. “Vamos ter de regular nosso sistema de imigração, que está partido, e aprovar uma reforma de bom senso”‘, disse, acrescentando que a reforma ajudaria o crescimento da economia.

Leia também

Lei que mudou a história dos negros dos EUA faz 50 anos

Obama diz que vai agir por conta própria na questão da imigração

Fabricante de canecas comete erro e ‘escala’ Obama como zagueiro da Inglaterra

Na cerimônia, quinze militares da ativa de Exército, Força Aérea e Guarda Nacional, dois veteranos, um reservista e sete cônjuges de militares, que em conjunto representavam quinze países, receberam a cidadania americana. O subsecretário do Departamento de Segurança Nacional, Alejandro Mayorkas, comandou o juramento de cidadania dos 25 novos americanos.

Futebol – Obama também comemorou a boa participação dos EUA na Copa e agradeceu aos jogadores da seleção de futebol. Logo no início de seu discurso, o presidente dos EUA disse que a seleção americana “representou muito bem” o país na Copa do Mundo disputada no Brasil. “Nos sentimos muito orgulhosos de vocês. Conseguiram uma quantidade enorme de novos fãs”, afirmou o líder, que brincou ao assegurar que considerará o pedido para nomear o goleiro titular da equipe, Tim Howard, como novo secretário de Defesa.

Mensagem de Putin – O presidente russo, Vladimir Putin, disse sexta que espera melhorar as relações com os Estados Unidos em uma mensagem oficial parabenizando Obama pelo Quatro de Julho. Os votos de Putin, segundo a CNN, acontecem em um momento em que as relações entre os dois países estão em seu ponto mais baixo desde a Guerra Fria, principalmente por tensões sobre as ações da Rússia na Ucrânia.

De acordo com o site do Kremlin, Putin “expressou a esperança para o bom desenvolvimento das relações entre os dois países com base na igualdade de direitos e utilitarismo, apesar de todas as dificuldades e desentendimentos que estão enfrentando neste momento”. A nota de Putin também ressalta que os dois países são responsáveis ​​pela segurança global e “devem cooperar não só para o bem-estar de seu próprio povo, mas do mundo inteiro”. Ele pediu a construção de uma relação bilateral baseada no “respeito mútuo” e compreensão dos interesses de cada um.

(Com agências EFE e Reuters)