Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Nível da água diminui no norte de Bangcoc, mas leste continua em risco

Por Da Redação 12 nov 2011, 02h44

Bangcoc, 12 nov (EFE).- A autoridades tailandesas informaram neste sábado que a água que inunda vários distritos do norte de Bangcoc diminuiu cerca de dez centímetros, enquanto declarou área de risco em dois outros bairros do leste da capital.

‘Se não chegar mais água, as ruas inundadas secarão nas próximas duas semanas’, afirmou o vice-governador de Bangcoc, Thirachon Manomaipibul ao jornal ‘Bangkok Post’.

As áreas próximas ao aeroporto de Don Muang, que cancelou todos seus voos há mais três semanas, e a principal estrada que une os bairros do norte com o centro da capital registraram uma diminuição do nível de água de 25 centímetros.

Thirachon atribuiu este descenso à efetividade das barreiras colocadas pela Prefeitura que espalharam a água para outros canais e para o rio Chao Phraya.

Enquanto isso, dois novos distritos do leste da metrópole serão acrescentados às áreas de desastre, disse ontem o governador da capital, Sukhumbhand Paribatra.

As autoridades locais comentaram que os bairros do leste demorarão entre quatro e seis semanas para voltar à normalidade.

Além disso, na noite de ontem surgiram novos focos de desobediência civil quando cerca de mil pessoas cortaram o tráfego em uma estrada para exigir o desmantelamento de um dique no distrito de Thon Buri, um dos mais afetados pelas inundações.

A multidão se dispersou após concordar com a Polícia a destruição do dique.

Estas inundações, que já causaram a morte de 533 pessoas, são as piores que a Tailândia sofreu nas últimas cinco décadas e são atribuídas a três tempestades tropicais que castigaram o país de maneira seguida e às abundantes chuvas da monção. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade