Clique e assine com 88% de desconto

Naufrágio deixa pelo menos 58 mortos na Turquia

A maioria das vítimas são crianças e mulheres, informaram autoridades locais

Por Da Redação - 6 set 2012, 10h23

Pelo menos 58 pessoas morreram após o naufrágio de um barco pesqueiro que transportava cerca de 100 imigrantes ilegais na costa da Turquia, nas proximidades da cidade de Esmirna, no Mar Egeu. Entre os mortos há muitas crianças e mulheres, informaram autoridades locais. O vice-administrador da região, Ardahan Totuk, disse que 45 passageiros foram resgatados com vida e que os trabalhos de resgate continuam em andamento.

Leia também: Terremoto na Turquia já causou entre 500 e 1.000 mortes

Segundo informações da agência de notícias Dogan, o barco aparentemente se chocou contra um recife após afastar-se 50 metros do litoral. Testemunhas disseram que, no momento do naufrágio, a maioria das mulheres e das crianças se encontravam no porão do barco – local onde 15 corpos foram achados – para se proteger do frio.

As informações disponíveis apontam que todos os passageiros são de nacionalidade síria ou iraquiana que tinham pagado para serem levados de forma clandestina à Inglaterra. As autoridades turcas prenderam os dois cidadãos acusados de embarcar os imigrantes.

Publicidade

Explosão – A notícia do naufrágio se soma à de outro episódio trágico no país. Na noite desta quarta-feira, a explosão de um depósito de munição deixou pelo menos 25 soldados mortos e outras nove pessoas feridas.

(Com Agência EFE)

Publicidade