Clique e assine a partir de 8,90/mês

Muro com figuras humanas de 1500 anos é descoberto no Peru

Por Da Redação - 8 nov 2015, 14h33

Um grupo de arqueólogos descobriu no santuário da Lua, na região de Liberdade, no norte do Peru, um muro de 1.500 anos da cultura Moche, no qual se destacam frisos com dez figuras humanas, informou o diário peruano El Comercio neste domingo.

As figuras de 1,60 metro de alturas estão de mãos dadas e levam na cabeça adornos parecidos com o da Senhora de Cao, que teria governado o norte do Peru no século IV d. C., e cujo corpo está no museu de mesmo nome em Liberdade. Supõe-se que o muro onde aparecem delimitava um espaço sagrado, declarou ao El Comercio Ricardo Morales, diretor do Projeto Arqueológico Santuário de Moche.

A cultura Moche, também chamada cultura Mochica, desenvolveu-se entre os séculos I e VII d.C.. A descoberta de túmulos intactos de governantes como o Senhor de Sipan e a Senhora de Cao permitiu aos arqueólogos desvendar alguns segredos dessa cultura pré-inca.

Publicidade