Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Morre o apresentador americano Larry King, vítima de Covid-19

King estava internado desde o início do mês por complicações decorrentes do coronavírus

Por Da Redação Atualizado em 23 jan 2021, 11h00 - Publicado em 23 jan 2021, 10h37

O apresentador de TV americano Larry King morreu neste sábado, 23. Ele ficou à frente de um tradicional programa de entrevistas na CNN dos Estados Unidos durante 25 anos. Ele tinha 87 anos e estava internado desde o fim do ano passado por conta de complicações do coronavírus. King tinha diabetes e retirou um câncer de pulmão, o que o colocavam no grupo de risco. A  morte foi comunicada em seu perfil oficial do Twitter. “É com profundo pesar que a Ora Media anuncia a morte de nosso co-fundador, apresentador e amigo Larry King, que morreu nesta manhã aos 87 anos no Centro Médico Cedros Sinai de Los Angeles”, disse o comunicado.

 

 

King tinha 63 anos de carreira e conduziu cerca de 50.000 entrevistas. Seu show tinha muito prestígio e era conhecido como um lugar onde as notícias eram feitas. Em 1995, ele presidiu uma cúpula de paz no Oriente Médio com o presidente da Organização para Libertação da Palestina, Yasser Arafat, o rei Hussein da Jordânia e o primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin. Em seu programa, o jornalista recebeu personalidades como Dalai Lama, Elizabeth Taylor, Mikhail Gorbachev, Barack Obama, Bill Gates, Lady Gaga, para citar apenas alguns nomes.

Continua após a publicidade
Publicidade