Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Morre estudante ferida em ataque a escola dos EUA

Claire Davies, de 17 anos, estava internada desde o dia 13

Por Da Redação - 22 dez 2013, 10h00

Claire Davis, estudante que levou um tiro no rosto no último dia 13 durante o ataque à escola Arapahoe, no Estado americano do Colorado, morreu no sábado à noite, informou o hospital onde a adolescente estava internada. “Com muito pesar, anunciamos que às 4h29 desta tarde (21h29 no horário de Brasília), Claire Davis faleceu na companhia de sua família”, indicou em comunicado o centro médico Littleton Adventist Hospital em sua página no Facebook. “Apesar de todos os esforços de nossos médicos e enfermeiras, e o espírito de guerreira de Claire, seus ferimentos eram muito graves e os tratamentos médicos mais avançados não foram capazes de evitar esta perda fatal”, manifestou o hospital.

O disparo foi efetuado por outro aluno da Arapahoe High School, na periferia de Denver, identificado como Karl Pierson, de 18 anos, que invadiu a escola antes de se matar. Na ocasião, outro aluno ficou ferido.

Segundo as investigações, Pierson tinha sido expulso do time de debates da escola e aparentemente estava magoado com um dos professores. Ele entrou na escola com vários cartuchos de munição, um facão e três coquetéis molotov. Segundo as autoridades, ele tinha comprado legalmente sua arma em uma loja do Colorado, no dia 6.

Os disparos foram feitos um dia antes do primeiro aniversário do massacre da escola Sandy Hook em Newtown (Connecticut), no qual morreram 20 crianças e sete adultos, incluindo o atirador. O incidente aconteceu a 25 quilômetros do local do massacre de 2012 no cinema de Aurora, que deixou 14 mortos, e a 20 quilômetros da escola de Columbine, onde 15 pessoas morreram em outro massacre em 1999.

Publicidade

(Com agência France-Presse)

Publicidade