Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mitt Romney, ‘destruidor de empregos’ e ‘vampiro’, segundo equipe de Obama

A equipe de campanha de Barack Obama atacou nesta segunda-feira seu adversário republicano Mitt Romney, apelando para o testemunho de ex-funcionários de uma usina siderúrgica que faliu enquanto estava sob sua responsabilidade, e acusou-o de ser um “destruidor de empregos” e “vampiro”.

Em um vídeo postado na internet, que também será televisionado e transmitido em Iowa, Colorado, Ohio, Pensilvânia e Virginia, estados que podem decidir o resultado das eleições presidenciais de 6 de novembro, a equipe de Obama refuta o argumento Romney de que sua experiência no mundo dos negócios faz dele um bom presidente capaz de criar empregos para os americanos.

A propaganda lembra o fechamento de uma fábrica de aço em Kansas City, Missouri (centro), após sua aquisição por parte da Bain Capital, empresa de capital de risco fundada por Romney. Como consequência, os trabalhadores perderam seus empregos, pensões e cobertura de segurança social.

“A Bain Capital ficou com um monte de dinheiro graças a esta fábrica. Acreditamos que Mitt Romney é um destruidor de empregos”, diz John Wiseman, um ex-trabalhador da fábrica de aço, no vídeo.

“Foi como um vampiro, ele veio e chupou a nossa vida”, acrescenta Jack Cobb, que também perdeu o emprego após trabalhar 31 anos na fábrica, que fechou em 2001, eliminando 750 postos de trabalho.

“Parecia um velho amigo sangrando-nos até a morte”, declarou outro trabalhador, Joe Soptic, no anúncio que mostra o estado de abandono da fábrica de aço.

Desde o lançamento de sua campanha, Romney disse que sua experiência como empresário e “criador de empregos” é o que os Estados Unidos precisa para impulsionar o mercado de trabalho.

A taxa oficial de desemprego no país é de 8,1%, três pontos a mais do que antes da crise, iniciada em 2008.

“Mitt Romney ajudou a criar mais empregos no setor privado e como governador de Massachusetts do que o presidente Obama em todo o país”, afirmou em resposta à propaganda a porta-voz do candidato republicano, Andrea Saul.