Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Milícias líbias mantêm milhares de pessoas detidas, diz ONG

A organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW) convocou neste sábado as autoridades líbias a tomar as medidas necessárias para resolver a situação das milhares de pessoas ainda detidas pelas milícias.

O Conselho Nacional de Transição (CNT, no poder) “não conseguiu assumir a responsabilidade pelas cerca de 5.000 pessoas detidas de forma arbitrária por grupos armados, algumas das quais foram torturadas severamente após a expiração do prazo”, indicou a HRW em um comunicado.

A ONG com sede em Nova York se refere a uma lei adotada em maio que estipula que os ministros de Interior e da Defesa deveriam, antes de 12 de julho, “levar todos os partidários do ex-regime perante a justiça se eles fossem considerados culpados”.

A maioria dos detidos são membros das forças de segurança do regime deposto do coronel Muamar Kadhafi, ex-autoridades governamentais, supostos mercenários estrangeiros e imigrantes subsaarianos, segundo a HRW.