Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maratona de Londres: Grã-Bretanha ‘quadruplica’ segurança

Duas explosões na linha de chegada da corrida em Boston mataram 3 pessoas

A Grã-Bretanha está “dobrando, triplicando, quadruplicando” as medidas de segurança para a Maratona de Londres no fim de semana, após os trágicos acontecimentos em Boston, disse o vice-premiê britânico, Nick Clegg, nesta quinta. Duas explosões na linha de chegada da Maratona de Boston, na segunda-feira, mataram três pessoas e feriram mais de 170. Nenhuma prisão foi feita até o momento.

A Maratona de Londres, organizada pela primeira vez em 1981, vai atrair 36.000 corredores no domingo, entre eles o britânico bicampeão olímpico Mo Farah. Centenas de milhares de torcedores tradicionalmente se alinham ao longo do percurso de 42 quilômetros para acompanhar a prova.

Leia também:

Leia também: Imagens apontam 2 suspeitos de atentado em Boston, diz CNN

Em um pronunciamento semanal por telefone à rádio LBC, Clegg afirmou que as imagens de Boston foram chocantes. Ele disse que tinha contactado pessoalmente o chefe da Polícia Metropolitana de Londres sobre a segurança da corrida, que atravessa marcos como a Tower Bridge, passa pelo distrito financeiro de Canary Wharf e termina em frente ao Palácio de Buckingham.

“Falei com o comissário metropolitano sobre isso ontem, e tenho uma enorme confiança na polícia e nos serviços de segurança do país”, disse Clegg. “Eles fazem um trabalho incrível em nos manter seguros o tempo todo. Eles estão fazendo uma dupla, tripla, quádrupla verificação de todos os seus procedimentos para a maratona, porque é claro que o que ocorreu em Boston é simplesmente horrível”.

(Com agência Reuters)