Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mais de 1 milhão de refugiados e imigrantes chegaram à Europa em 2015

Cerca de 3.700 pessoas morreram tentando atravessar o mar Mediterrâneo na pior crise de refugiados vivida pela Europa desde a Segunda Guerra Mundial

Mais de um milhão de refugiados e imigrantes chegaram à Europa neste ano, dos quais pelo menos 972 mil atravessaram o Mar Mediterrâneo e 34 mil viajaram por terra desde a Turquia, passando por Bulgária e Grécia, informou a Organização Internacional para as Migrações (OIM) nesta terça-feira.

Leia mais:

Comissão Europeia quer mudar tratado de livre circulação

Merkel busca apaziguar partido com promessa de conter fluxo de refugiados

Com poucos dias para terminar o ano de 2015, a organização, com base em Genebra, na Suíça, disse que a marca de um milhão foi atingida na segunda-feira, valor quatro vezes maior que o registrado no ano passado. Um total de 1.005.504 pessoas chegaram por terra e mar a seis países europeus – Grécia, Bulgária, Itália, Espanha, Malta e Chipre.

“A perseguição, o conflito e a pobreza forçaram um milhão de pessoas a fugir para a Europa em 2015, algo sem precedentes”, disse a OIM. Segundo a organização, mais de 800 mil cruzaram para a Grécia vindos da Turquia, incluindo mais de 455 mil imigrantes que partiram da Síria e mais 186 mil do Afeganistão. Cerca de 3.700 outros morreram tentando atravessar o mar Mediterrâneo na pior crise de refugiados que a Europa vive desde a Segunda Guerra Mundial.

(Da redação)