Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maduro expulsa três funcionários consulares dos EUA

Em meio à maior onda de protestos desde sua posse e à caça a um opositor, presidente venezuelano acusa americanos de conspirar contra seu governo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou a expulsão de três funcionários consulares dos Estados Unidos, acusando-os de conspiração contra seu governo. Em discurso transmitido pela televisão na noite deste domingo, Maduro declarou que os americanos, sob o disfarce de realizarem trabalho consular, se infiltraram em universidades venezuelanas para minar o governo. O presidente, porém, não identificou os funcionários.

Leia também:

Manifestantes voltam às ruas contra a violência em Caracas

A expulsão de representantes dos EUA, um tipo de medida mais cenográfica do que diplomática habitual na Venezuela desde o governo de Hugo Chávez, ocorre após o início de uma onda de protestos contra Maduro, que enfrenta as maiores manifestações desde que assumiu o poder em abril de 2013. Desde a semana passada, milhares de manifestantes foram às ruas e três pessoas morreram em confrontos.

O discípulo chavista classificou os manifestantes de “fascistas” que querem “acabar com a paz” e culpou o líder oposicionista Leopoldo López de orquestrar um golpe de Estado. Com prisão decretada pela Justiça, López segue foragido e reclama de perseguição política – ele afirmou que deve se entregar na próxima terça-feira, após uma nova manifestação contra o governo e em sua defesa.

Maduro também afirmou neste domingo que o embaixador venezuelano para a Organização dos Estados Americanos em Washington recebeu um telefonema do Departamento de Estado dos EUA alertando que a prisão de López traria consequências internacionais negativas ao governo da Venezuela. O presidente declarou que não irá tolerar “ameaças” à soberania do país.

Leia também:

Polícia venezuelana fracassa ao invadir casas de opositor de Maduro

Manifestantes e militares entram em confronto na Venezuela

‘Venezuela não é a Ucrânia’, diz Maduro sobre protestos

Maduro ordena varredura em aeroportos em busca de opositor

Vídeos mostram confrontos durante protestos na Venezuela

(Com Estadão Conteúdo)