Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Londres pode eleger seu primeiro prefeito muçulmano nesta quinta-feira

O candidato trabalhista Sadiq Khan é o favorito para as eleições municipais da capital inglesa

A cidade de Londres pode eleger o seu primeiro prefeito mulçumano nesta quinta-feira, dia em que acontecem eleições regionais e municipais em todo o Reino Unido. O candidato trabalhista Sadiq Khan, 45 anos, filho de um motorista de ônibus do Paquistão, apareceu nas últimas pesquisas com 12 pontos de vantagem em relação a seu principal concorrente, o conservador Zac Goldsmith, que vem de uma família de bilionários.

Os locais de votação abriram as portas às 7h locais (3h em Brasília) e o pleito deve prosseguir até às 22h (18h em Brasília) para a eleição do Parlamento da Irlanda do Norte, Gales e Escócia, além de 124 prefeituras em todo o país. No total, 5,6 milhões de londrinos devem comparecer às urnas para escolher o substituto de Boris Johnson

Leia também:

Obama faz apelo a povo britânico para que opte por permanência na UE

‘Que deselegante!’: Prefeito de Londres derruba criança em jogo de rugby

A estratégia de Zac Goldsmith e do primeiro-ministro britânico, David Cameron, foi a de vincular Sadiq Khan a extremistas muçulmanos. A tática, porém, pode se voltar contra os conservadores. “Khan é claramente um muçulmano moderno e progressista. Se os seus oponentes se aventurarem muito neste terreno, correm o risco de enfrentar uma reação enérgica”, diz Tony Travers, professor da London School of Economics.

Em entrevista à agência de notícias France-Presse, Khan denunciou a campanha “desesperada” dos conservadores. “Sou londrino, sou britânico, sou de fé islâmica e tenho orgulho de ser muçulmano. Sou de origem asiática, paquistanesa. Sou um pai, sou um marido, sou sofrido torcedor do Liverpool há muito tempo. Sou todas estas coisas”, disse. “Mas o melhor desta cidade é que você pode ser um londrino de qualquer religião ou de nenhuma, e aqui fazemos algo mais que tolerar: nos respeitamos, recebemos todos com os braços abertos”.

Em caso de vitória, Khan será o primeiro prefeito muçulmano não apenas da cosmopolita capital britânica, ma também de uma grande capital europeia.

(Com AFP)