Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lista: os dez hábitos mais irritantes a bordo de um avião

Beber demais, não dividir o espaço, chutar a poltrona da frente, não tomar conta das crianças... a lista de comportamentos inadequados apontados em pesquisa da Expedia é longa

Por Da Redação - 11 dez 2014, 14h04

Uma pesquisa encomendada pelo site de turismo Expedia apontou as atitudes a bordo de um avião que os passageiros americanos consideram mais irritantes. O levantamento realizado pela consultoria GfK ouviu 1.000 viajantes, que citaram barulho, odores e chutes como fatores que acabam com o bom humor nas viagens.

A pesquisa apontou que 36% dos americanos pagariam mais para poder viajar em uma área mais tranquila do avião e que 78% até toleram uma conversa rápida durante o voo, mas preferem mesmo é ficar em silêncio.

Leia também:

Briga entre passageiros faz avião ser desviado nos EUA

Continua após a publicidade

Insatisfeita com serviço de bordo, executiva para voo

De acordo com a enquete, 38% dos americanos defendem mais restrições e até o fim dos assentos reclináveis. Recentemente, um avião teve de ser desviado nos Estados Unidos por causa de uma briga por espaço entre as poltronas. Um passageiro travou o assento da frente, impedindo que seu ocupante o reclinasse. O passageiro da frente não gostou, a discussão esquentou, e a tripulação acabou desviando a aeronave para expulsar os brigões.

O caso demonstra que, por mais irritante que sejam algumas atitudes a bordo, o melhor é tentar resolver tudo com uma conversa – rápida, de preferência. Em tempo: 78% dos que participaram da pesquisa consideraram que a maioria dos passageiros é atenciosa com os demais.

Confira o ranking dos comportamentos mais insuportáveis:

Publicidade